• Rafael Mariano

Portanto... cuidado! Não caia nessa armadilha!

A famosa frase usada pelo filósofos gregos "Conhece-te a ti mesmo" refere-se justamente ao tipo de habilidade intrapessoal. Talvez, a mais importante de todas as habilidade intelectuais, pois quanto mais você se conhecer, mas vai poder se desenvolver.


Como você de se lembrar, já falamos sobre a amardilha na qual caiu o pobre contado que diz absurdos do tipo: "Eu não gosto de matemática nem preciso dela; eu sou da área de humanas!"

Pois se trata de alguém que achou muita mais cômodo e gratificante dedicar-se mais àquelas facetas de sua inteligência nas quais encontrava maior facilidade, negligenciando as que requeriam algum esforço.


Esse tipo de preguiça (sim, trata-se de preguiça mental e não "falta de trabalho", "falta de vocação"ou outra desculpa esfarrapada qualquer) produz pessoa com deficiências mentais permanente.


Portanto... cuidado! Não caia nessa armadilha!



Conversei, uma vez, com uma pegadagoga que teve um papel importante numa das frequentes reestruturações que o Ministério da Educação promove periodicamente.

Lá pelas tantas ela me sai com a seguinte pérola:


"- Eu nunca consegui aprender matemática, física e química, e isso não me fez a menor falta, pois hojem apesar disso, sou uma mulher extremamente bem-sucedida!"



Alé de adimitir ser uma preguiçosa mental... tem orgulho disso! E o pior é que a educação brasileira está nas mãos de pessoas desse tipo!


Portanto, lembre-se: você deve desenvolver todas as facetas de sua inteligência, sem deixar nada de lado. Por isso a inteligência intrapessoal, ou seja, a habilidade da autoanálise, talvez seja o mais importante, pois é o que desencadeira a melhoria das outra habilidades.





Posts recentes

Ver tudo

Desde que nasceu, em 1960, Freddie Roach foi preparado para ser campeão de boxe. O pai havia sido lutador pro􏰀ssional e a mãe, árbitra de boxe. O irmão mais velho de Freddie começou a aprender o

Em 1760, aos 4 anos, Wolfgang Amadeus Mozart começou a aprender piano com o pai. Foi a criança que pediu para iniciar o aprendizado tão cedo. A irmã, com 7 anos, já tocava piano. Talvez tenha sid